Ciência e saúde

« voltar

OMS

Câncer, a doença que mais matará em 2010

10/12/2008 09:03

O fumo e a má alimentação - duas condições dos tempos atuais - comprovadamente cobram um preço muito alto. Ambos favorecem o aumento de casos de câncer. E de acordo com estudo do Centro Internacional de Pesquisas contra o Câncer da Organização Mundial de Saúde (OMS) a doença deverá superar as incidências cardiovasculares como primeira causa de mortalidade no mundo em 2010.

Segundo o relatório, os casos de câncer dobraram entre 1975 e 2000, e devem duplicar novamente entre 2000 e 2020. Em 2030, o câncer poderá matar 17 milhões de pessoas, contra os 7,6 milhões que provocou em 2007. No ano passado, também foram registrados 12 milhões de novos casos de câncer, entre os quais 5,6 milhões ocorreram em países em desenvolvimento. No total, 7,6 milhões de pessoas morreram, sendo 4,7 milhões nos países em desenvolvimento.

O consumo de cigarro, a dieta excessivamente rica em gordura e hábitos alimentares cada vez menos saudáveis foram comprovados pela ciência como fatores que favorecem o aumento do câncer. De acordo com o relatório da OMS, se não forem adotadas medidas para contornar esses hábitos, poderá haver 27 milhões de casos de câncer a cada ano no planeta até 2030.

O cigarro, consumido por cerca de 1,3 bilhão de pessoas no planeta, é o primeiro alvo a ser atacado. A maioria dos países desenvolvidos restringiu o fumo em lugares públicos, incluindo locais de trabalho e restaurantes. A medida contribuirá para uma redução dos casos de câncer nos próximos anos. Mas é preciso observar que, frente ao sucesso dessas campanhas, as empresas de cigarro concentraram sua atenção nas nações em desenvolvimento - principalmente China, Rússia e Índia -, onde são capazes de investir em "um nível de publicidade sem precedentes". "Mais da metade dos casos e dois terços dos óbitos por câncer ocorrem nos países com nível de renda baixo ou médio. Os países em desenvolvimento, onde a população crescerá 38% até 2030, não têm meios para lutar de forma eficaz contra o câncer", destaca o relatório.

Publicidade

Mais notícias

COLUNISTAS

Chegada Renato Dutra
Correr, andar e cuidar do planeta
Precisamos ir de carro para o trabalho, para a academia, até para o local onde corremos?
Consultório Sentimental Betty Milan
Separação sem litígio
Homo obesus Geraldo Medeiros
Respostas a leitores.
E a 'pílula do exercício'
Espelho Meu Lucia Mandel
Rejuvenescimento
a laser
Genética Mayana Zatz
Aspartame e doença de Alzheimer
Cinema Isabela Boscov
O western 'Appaloosa'

CONTEXTO

Em Profundidade

Câncer

Especial on-line

Desastres naturais

Saúde

Tabagismo

Perguntas e respostas

Febre amarela

Publicidade
Publicidade

COPYRIGHT ©
Editora Abril S.A.

Todos os direitos
reservados