Ferrari não deve mais exibir marca de cigarro
Warm Up
16/04/2008 - 11:04

O patrocínio de cigarros, presente na F-1 desde 1968, não deve mais ser visto em um carro da categoria. A Ferrari, última equipe que ainda mantém o apoio de uma indústria tabagista — a Philip Morris, que coloca o logotipo da Marlboro nos bólidos vermelhos —, anunciou que não irá mais exibir a marca, utilizando sempre o "código de barras" que substitui o símbolo.

Atualmente, em apenas três corridas do calendário é permitido exibir propaganda de cigarros sem nenhuma "maquiagem": nos GPs do Bahrein, Mônaco e China. Entretanto, na prova árabe, que ocorreu no último dia 6, a escuderia italiana estampou as barras, que guardam semelhança com o símbolo do patrocinador.

Um representante da Ferrari confirmou à revista "Autoweek" que o logotipo da Marlboro não irá mais aparecer nos carros. Segundo o ferrarista, a decisão foi tomada em conjunto com a Philip Morris, que quer ver o código de barras permanentemente na carenagem da F2008. O patrocínio da empresa termina no final de 2011.



Envie esta matéria a um amigo
© Copyright Warm Up Motorsport Coverage