Gazeta do Sul Gazeta FM 101.7 Gazeta FM 98.1 Gazeta AM 1.180 Anuários AgroBrasil Fundação Gazeta Gazeta da Serra



Institucional Edição do Dia Publicidade Especiais Assinaturas Fale Conosco
Login | Cadastro
Ano 64 - quarta-feira, 16 de abril de 2008
Previsão Completa
Pesquisa Avançada
Espaço AZ
Esportes
Gazeta Mix
Geral
Mundo
Opinião
País
Polícia
Política
Regional
Social
Veículos
Balada Jovem
Jornal do Ike
Panorama
Panorama Regional
Sociais de Candelária
 
Regional
Otto Tesche | otto@gazetadosul.com.br
FUMICULTURA
Prefeitos pedem apoio de ministro para o setor
Renato Fernandes Alves/Divulgação/GS
Comitiva entregou documentos com dados do setor ao ministro Carlos Lupi
Versão em PDF Imprimir Comente esta notícia Envie para um amigo  
Manter os empregos na fumicultura. Esse foi o objetivo da audiência dos prefeitos da Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp) e do deputado Gilmar Sossella (PDT) com o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, ontem, em Brasília. Conforme Sossella, a produção de fumo na região corresponde a mais de 50% da receita de muitos municípios e diversas famílias dependem desse tipo de cultura para se manterem no campo.

O presidente da Amvarp e prefeito de Passo do Sobrado, Elto Dettenborn, afirma que as possíveis sanções ao setor que tramitam no Congresso Nacional, surgidas a partir das recomendações da Convenção-Quadro, visam aumentar os impostos ao setor e desestimular a produção de fumo no Brasil. Caso sejam aprovadas, os municípios produtores de fumo podem sofrer sérios danos em sua economia e terem inviabilizado o desenvolvimento regional.

Sossella e os prefeitos pediram ao ministro Carlos Lupi (PDT) para que o governo federal promova uma ampla discussão em torno do tema, com o objetivo de preservar empregos e ampliar a geração de postos de trabalho e renda nos municípios. Lupi prometeu analisar o tema e promover ações que garantam a manutenção dos empregos no setor. Também participaram da audiência os prefeitos Antonio Gilson de Brum (PDT), de Jacuizinho, Almedo Dettenborn (PMDB), de Venâncio Aires, João Aurélio Wildner (PP), de Mato Leitão, e o vice-prefeito de Vale do Sol, Armênio Parnow (PP).
 
Página Inicial | Regional
23:45 | COPA DO BRASIL - Inter leva 2 a 0 do Paraná e fica em situação difícil
18:00 | Pesquisa - Estudo indica que vitaminas podem fazer mal à saúde
17:45 | Opinião - ‘É fácil ficar sentado num banco da Suíça dando palpite no Brasil’, diz Lula
17:30 | Evento - Direção da Ceasa/RS está presente em mostra internacional de hortifrutigranjeiros
17:15 | Números - Coca-Cola anuncia crescimento de 19% em lucro trimestral
17:00 | Decisão - Justiça determina que fiscais liberem mercadorias do RS
16:45 | Iniciativa - Protocolo de intenções fortalece pesquisa e ensino no Rio Grande do Sul
16:30 | Polêmica - Record diz que Cabrini fazia reportagem quando foi preso
16:15 | Ajuda - Tropas brasileiras passam a distribuir comida no Haiti
16:00 | Doença - Dengue cai 98,5%, mas mata uma pessoa no Paraná
  Mais notícias
Edições Anteriores
Charges
Horóscopo
Classificados
Versão em PDF
BLOG da Redação
Q?
Institucional | Edição do Dia | Publicidade | Especiais | Assinaturas | Fale Conosco
 
Todos os direitos reservados - Copyright 2003-2008, Gazeta Grupo de Comunicações
Desenvolvido por Equipe de TI Gazeta Grupo de Comunicações