(7 de Abril)

CAMPANHA POR LEIS MAIS RIGOROSAS DE TRÂNSITO PARA A DIREÇÃO EMBRIAGADA, E PELA PROIBIÇÃO IMEDIATA DE PROPAGANDA DE BEBIDA ALCOÓLICA NA TV

Artistas ou celebridades que fizeram propaganda de bebida alcoólica na TV brasileira a partir de setembro de 2003*:

Zeca Pagodinho
Ronaldo Nazário
Luciano Huck
Juliana Paes
Thiago Lacerda
Danielle Winits
Sandy
Ivete Sangalo
Parreira
Carlinhos Brawn
Márcio Garcia
Leandro Hassum
Adriane Galisteu
Cafú
Evandro Mesquita
Hélio de La Peña
Mano Menezes
Bento Ribeiro
Jennifer Lopez
Luiz Fabiano
Paris Hilton

* A indicação a partir dessa data deve-se à propaganda "Experimenta!", da Schincariol, com um forte apelo ao consumismo, e a lista é uma amostragem, anterior a 2012.

 

Farra! É o nome adequado para a exploração abusiva da bebida alcoólica na sociedade brasileira.

Em 2012, a unidade brasileira da Associação Mundial Antitabagismo e Antialcoolismo - Amatabr inicia a Campanha que objetiva apoiar e se solidarizar ao Movimento Não Foi Acidente, e pelo fim imediato de propaganda de bebida alcoólica na TV.

Pouco importa que a propaganda de bebida alcoólica permitida, durante o período diurno, seja apenas de cerveja. A maioria dos acidentes de trânsito por direção embriagada é causada por essa ingestão.

E as cervejarias agem como a indústria do fumo. Pouco se moralizaram até hoje, e apenas quando instadas. Foi o caso do manifesto para restrições e que deixassem de dirigir sua publicidade ao público infantil, com propagandas com bichinhos como tartarugas, caranguejos, etc, assinado por órgãos de saúde e entidades médicas, de julho de 2002.

Por sinal, a publicidade da bebida alcoólica no curso dos anos não se diferenciou muito da publicidade do tabaco, velha conhecida, resumida nesse vídeo.

Tristemente, a inércia do Congresso Nacional precisa de um movimento de iniciativa popular para alterar as leis que abrem tantas brechas para a ação e a impunidade dos que causam acidentes de trânsito, 40% por direção, embriagada responsável por aproximadamente 16 mil das 40 mil vítimas fatais por ano nas ruas e estradas do Brasil, contados apenas os que morrem na hora, e um número incalculável de danos físicos e materiais, gerando prejuízos hospitalares e previdenciários enormes.

As cervejarias, por outro lado, bem poderiam, sponte propria, seguir o exemplo da Campanha Fiat, com propaganda 100% educativa - Dirija com Responsabilidade e Divirta-se neste Carnaval, inclusive deixando de pagar cachês a artistas internacionais que demonstram pouca simpatia à cultura brasileira.

Portanto, neste ano lançamos esta campanha para que:

1. o Congresso Nacional edite leis mais rigorosas para coibir os acidentes de trânsito por embriaguez, e a proibição total e imediata de propaganda de bebida alcoólica, inclusive cerveja, na televisão.

2. artistas e celebridades reflitam duas vezes antes de aceitarem participar de publicidade de bebida alcoólica.

Além do agravamento da pena de homicídio resultante de direção embriagada, há também a necessidade de que outros tipos de provas sejam admitidas na constatação do estado de embriaguês, e que não haja limite de teor alcoólico no sangue, pois não dá para confiar no Poder Judiciário, que na sua maioria só enxerga direitos dos algozes.

Para tanto, assine a petição pública sobre crimes de trânsito que envolvam a embriaguez ao volante do Movimento Não Foi Acidente, onde essas medidas são requeridas.

07 de abril de 2012.
Dia Mundial da Saúde